PRINCIPAIS ITENS DO ESTATUTO DA IGREJA EVANGÉLICA PENTECOSTAL FÉ EM AÇÃO

Da denominação:

A “Igreja Evangélica Pentecostal Fé em Ação” é uma entidade religiosa, sem fins lucrativos, fundada em 20 de novembro de 2.000, devidamente registrada no 4º Registro de Pessoas Jurídicas sob o nº 0416878, constituída de número ilimitado de membros, sem distinção de raça, condição social ou política, nacionalidade, cor ou quaisquer distinções sociais, sendo crentes batizados ou em condições de serem batizados, que voluntariamente se reúnam em sua sede, salões, templos, congregações que vivam vida reta, honesta, honrada, pura, santa, piedosa e Cristã, de um testemunho reto. É regida por este estatuto, conforme lei federal 10825 de 2.003, tendo livre sua criação, estruturação, organização e funcionamento. Toda sua conduta está baseada nas Escrituras Sagradas.

Serão admitidos para o rol de membros da IEPFA, cristãos batizados pela própria Igreja ou não, vindos de outras denominações evangélicas cujas doutrinas se equivalem, que não tenham sido excluídos da comunhão em outras Igrejas e de conduta moral ilibada. Também serão admitidos como membros pessoas que vierem a se converter ao Senhor Jesus na IEPFA, oriundas de qualquer outra religião ou mesmo sem religião.

Perde a condição de membro, sendo excluído do rol de membros comungantes, aquele que solicitar transferência para outra Igreja ou que, comprovadamente incorrer em um destes fatos: proferir calúnia, insubordinação às autoridades eclesiásticas constituídas na Igreja, roubo, manifestar-se contrário às Escrituras Sagradas e/ou às doutrinas da Igreja, envolver-se com o tráfico de drogas, estelionato, crime organizado ou qualquer outro delito previsto no código penal brasileiro.

Da nossa crença:

Todos os membros elencados no capítulo anterior, deverão aceitar a seguinte confissão de fé:

 JESUS CRISTO

  1. Cremos em Jesus Cristo como único e suficiente Salvador e Senhor das nossas vidas (I Timóteo 2:5). Sua morte vicária derramando seu sangue na cruz do calvário é completa e suficiente para nossa redenção (Hb. 9:12-22)
  2. Cremos que o Senhor Jesus Cristo é o único cabeça da Igreja em matéria de fé disciplina, conduta e governo.
  3. Cremos que Jesus Cristo é o Messias prometido (Gn 3:15; Is. 9:6-7; 7:14; 53:2-3, Mt. 1:21, 2:1; João 1:11 e Gal. 4:4;
  4. Cremos que Jesus Cristo foi concebido pelo Espírito Santo através da Virgem Maria, sendo 100% homem e 100% Deus quando de sua passagem pela terra (Lc. 1:26-36, João 1:3-14);
  5. Cremos que Jesus Cristo é Deus conforme S. João 1:18. Sua humanidade foi sem pecado e sua vida de perfeito exemplo (II Cor. 5:21);
  6. Cremos na ressurreição corporal do Senhor Jesus Cristo (I Co. 15:3-4; Rm 6:4 e 8:11);
  7. Cremos na ascensão do Senhor Jesus Cristo, exaltado à destra de Deus (I Cor. 15:3-4; Rm 6:4; 8:11 e Mc 16:19.
  8. Cremos que os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro, depois os que ficarem vivos, serão arrebatados juntamente com eles nas nuvens, ao encontro do Senhor nos ares (I Ts 4:16-17). Isto ocorrerá antes da grande tribulação e dispensação Milenar.

Bíblia Sagrada

A Bíblia Sagrada , composta de 39 (trinta e nove) livros no Velho Testamento e 27 (vinte e quatro) livros no Novo Testamento é a palavra de Deus divinamente inspirada, infalível e autoridade máxima de nossa regra na Fé e Prática Cristã (conforme está escrito em II Timóteo 3:16-17).

Santíssima Trindade

Cremos que há um só Deus, Sempiterno, Onipotente, Onipresente, Onisciente, existente nas 3 pessoas da Santíssima Trindade – Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo (Mt. 28:19). Adoramos a Deus em Trindade, a trindade em unidade, não confundindo as pessoas, nem dividindo as substâncias.

Batismo com o Espírito Santo

Cremos na realidade do Batismo com o Espírito Santo nos dias de hoje, com ou sem evidência de falar em línguas (Atos 19:6).

Dons do Espírito Santo

Cremos nos dons do Espírito Santo atuantes da igreja (I Co 14).

Justificação, Regeneração e Salvação

Cremos nos dons do Espírito Santo atuantes da igreja (I Co 14).

O Novo Céu, Nova Terra, Satanás, Ressurreição e Julgamento

Cremos em um novo céu e nova terra, onde habitaremos eternamente com Cristo em paz e justiça (II Pe 3:13 e Ap. 21 e 22).
Cremos que Satanás é uma personalidade espiritual e personifica o mal. Foi Criado por Deus como anjo de luz (Cl. 1:16-17) que tendo perdido sua condição primitiva, foi lançado do céu por causa do pecado (Is. 14:12-17; Ez 28:11-19, e II Co 11:14).
Cremos na ressurreição, julgamento e condenação de todos o que não forem achados escritos no livro da vida (Ap. 20:15) e estes juntamente com Satanás e seus anjos serão lançados no lago de fogo.

Ordenanças

Cremos que as Escrituras Sagradas nos deixaram como ordenanças:
BATISMO NAS ÁGUAS – pelo ato de imersão, simbolicamente nos identificando com Ele pela sua morte, sepultamento e ressurreição (Rm 6:3-8)
SANTA CEIA – Como ato em memória de sua morte propiciatória e vicária “até que venha” (Lc 22:7-20 e I Cor 11:23-29)
UNÇÃO COM ÓLEO – para cura de enfermos e para separação ministerial (Tg 5:14; Ex 28:41 e Lv 8:10)
APRESENTAÇÃO DE CRIANÇAS – consagrando-se por permissão dos pais, ao Deus eterno e incluindo-as no Corpo de Cristo (Lc 2:22-23). Biblicamente não devem ser batizadas e sim apresentadas. .Posteriormente, na idade do entendimento, serão batizadas conforme o item a.
JEJUM E ORAÇÃO – como forma espiritual de obter graça de Deus (Mc 9:29)
DÍZIMOS E OFERTAS – como forma de sustento de Deus para a igreja e de benção para aquele que dá (Ml. 3:10-11 e II Cor 9:6-9)
MINISTÉRIO EM TODOS OS NÍVEIS – (pastoral, da palavra, presbiterial, diaconal e outros) tanto para homens como para mulheres desde que Deus revele que haja constituição espiritual (I Tim 3:1-13). Desta forma não existirá um período de tempo padrão para a unção de algum membro em qualquer nível. Os que vierem de outros ministérios com unção deverão apresentar carta do ministério de origem e deverão ser ministrados sobre a visão do Ministério Fé em Ação antes de iniciar quaisquer trabalhos na Igreja.
SANTIFICAÇÃO DO ALTAR – O altar do Senhor é lugar santo e sagrado. Qualquer que se aproximar dele deverá se santificar. Ex. 3:5.

O Sacerdócio do Crente

Cremos que todo salvo pelo Senhor Jesus Cristo é despenseiro administrador dos ministérios de Deus (I Cor 4:1), Dizimista (Ml 3) e testemunha (Mc 16:15-20). * Cremos que o Senhor Jesus chama e vocaciona para o Santo Ministério (Ef 4:11)

Da nossa visão:

Nossa visão está baseada no Ministério de Moisés, conforme segue:

  1. AMOR: Amor acima de tudo procurando conhecer a Deus e ver as coisas e as pessoas como Deus às vê, crendo que este é o dom supremo de Deus. Êxodo 32:32.
  2. VISÃO: Chegar à terra prometida, avançar sempre, alcançar ideais, ter projetos. Ex. 14:15.
  3. INTERCESSÃO: Moisés era intercessor constante em favor do povo de Israel. Ex. 32:30.
  4. AUTORIDADE: Moisés recebeu autoridade do Senhor e, várias vezes ele foi até Faraó, o Rei do Egito e lhe disse dos planos de Deus para com o povo de Israel que eram frontalmente contra os dele. Êxodo 5:1 (apenas um exemplo). Temos que ter autoridade para combater o mal e o pecado. Autoridade para vencer as dificuldades que querem nos separar das promessas de Deus.
  5. ADORAÇÃO: Os egípcios pereceram no mar e Moisés adorou ao Senhor. Ex. 15.
  6. JEJUM E ORAÇÃO: Em atitude de santificação Moisés ficou 40 dias sem beber água e comer pão quando o Senhor lhe concedeu as tábuas com as palavras do concerto, os dez mandamentos. Ex. 34:28.
  7. REPUDIAÇÃO E DENUNCIA DO PECADO: Moisés denunciou a idolatria no meio do seu povo após tantos milagres operados. Ex. 32:19.
  8.  BATALHA ESPIRITUAL: Estamos sempre em guerra. Ex. 17:11.
  9. SUBMISSÃO ÀS AUTORIDADES: É o princípio básico da autoridade. Se quisermos ter autoridade, deveremos ser submissos às nossas autoridades. Josué era submisso à Moisés. Até Jesus Cristo foi submisso a Deus quando cumpriu o mandamento do batismo nas águas, por exemplo. Lc. 3:21 e Mt. 3:13-17.

 

Do nosso logo:

LOGO-FE-EM-ACAO2

Este logo nos foi dado por Deus e tem o seguinte significado:

A bandeira: O senhor é a nossa Bandeira. Êxodo 17:15b.

O Sol: Jesus Cristo, o sol da justiça. Ml. 4:2.

A pomba: o Espírito Santo de Deus que desceu em forma de pomba conforme Matheus 3:16. Cremos que ele se manifesta como quiser, fazendo somente uma menção de uma passagem bíblica.

Da finalidade da IEPFA:

Artigo 1º – São finalidades da “Igreja Evangélica Pentecostal Fé em Ação”:

a) Prestar culto ao SENHOR DEUS, estudar as Sagradas Escrituras e proclamar a mensagem do Evangelho de JESUS CRISTO por todo o mundo.

b) Promover por todos os meios ao seu alcance e de conformidade com as Escrituras Sagradas a extensão do Reino de DEUS na terra.

c) Manter instituições que tenham fins Espirituais, educacionais e beneficentes a exemplo de creches, orfanatos, asilos, centros de recuperação, etc. sendo esses regidos por estatutos próprios que estejam em consonância com este

d) Promover assistência social aos seus membros carentes e na medida do possível aos necessitados sendo ou não membros.

e) Cultivar a fraternidade e a cooperação com outras Igrejas Evangélicas da mesma fé e que tenham na Bíblia Sagrada sua regra máxima de fé e conduta e a Jesus Cristo como o cabeça da Igreja, não aderindo em nenhum momento a movimentos de ecumenismo ou qualquer aliança com outras crenças, sob qualquer pretexto.

f) Cultivar o desenvolvimento moral, social e cultural e o amor à Pátria

g) Promover por todos os meios justos e honestos a expansão de serviços de assistência social, filantrópica e espiritual, inteiramente gratuitos.

Algumas funções e regras

  • Os membros do conselho da I.E.P. Fé em Ação perderão sua autoridade e serão desligados de suas funções se forem contrários à palavra de DEUS, não importando qual for a sua categoria. Essa decisão será julgada pelo conselho e, em caso de divergência, será decidido em Assembléia Geral na Igreja.
  •  A I.E.P. Fé em Ação será representada ativa e passivamente tanto em juízo como fora dele pelo Presidente da Igreja e na sua falta pelo Vice Presidente.
  • Os membros da I.E.P. Fé em Ação, qualquer que seja sua categoria, não responderão individualmente, solidária ou subsidiariamente pelos compromissos assumidos pela entidade.
  • A IEPFA não realizará sob qualquer pretexto, cerimônia de casamento de pessoas do mesmo sexo pois é regida pela bíblia sagrada conforme Capítulo I artigo I. A bíblia diz em Gênesis 2:24: Portanto, deixará o varão o seu pai e a sua mãe e apergar-se-á à sua mulher e serão ambos uma carne.
  • Os casos específicos como por exemplo trajes, vocabulário, conduta, etc… serão tratados em reuniões com os seus líderes.

Carta de Conduta

O Ministério Fé em Ação apresenta dois modelos de Cartas de Conduta sendo, para a orientação de seus Obreiros e outra para todo o corpo Ministerial, reunindo e orientando nossa declaração de Fé e Visão.